Mulher com hambúrguer em uma das mãos com expressão de felicidade, fundo da imagem em azul-claro

8 maiores tendências para o delivery em 2024

Restaurantes que operam apenas com entregas, pratos mais saudáveis, feitos à base de plantas e usando culinária regional, além de tecnologias usadas no serviço e na entrega são as principais tendências do setor de delivery para este ano.

Segundo a Statista, uma plataforma internacional com foco em análise de dados e estatísticas, 84% das pessoas que possuem um smartphone usaram o aparelho para pedir comida em 2023. 

O número, em comparação a apenas 47% dos usuários que fizeram pedidos em 2017, data do levantamento anterior, só comprova o crescimento do setor de delivery – que tende a aumentar ainda mais e a seguir novas tendências! 

Ficar de fora desse crescimento não pode ser uma opção para quem é do setor de foodservice, então, descubra o que será pode impulsionar suas vendas neste ano!

8 maiores tendências para o setor de delivery em 2024

A alimentação saudável, o delivery inteligente, a culinária regional, as ghost kitchens, as entregas via drone e as comidas “plant-based”, os pagamentos sem contato e o foco na experiência do cliente já vêm se destacando como tendências para o setor de delivery há alguns anos e permanecem em alta em 2024.

Isso porque a agilidade nos serviços e um estilo de vida mais saudável estão moldando todos os setores da economia, incluindo o de entregas! Além delas, novas tecnologias, como as IAs, também entram na jogada, oferecendo aos donos de restaurantes ferramentas poderosas para agilizar o atendimento.

1. Alimentação saudável

A alimentação saudável tem se destacado como uma tendência crescente no setor de delivery e de comida como um todo, refletindo a mudança de hábitos dos consumidores em direção a opções mais equilibradas e nutritivas. 

Fatores como o aumento da conscientização sobre a importância de uma dieta saudável, a busca por estilos de vida mais ativos e o desejo de evitar alimentos processados em excesso são os responsáveis pelo crescimento, ano após ano, desta tendência no mercado de alimentos e bebidas.

Uma pesquisa de mercado desenvolvida pela loja de produtos naturais Bio Mundo em 2023 aponta que os consumidores têm optado mais por alimentos desse tipo quando vendidos à granel. Só no Sul do país, a venda nesse modelo teve um crescimento de 51% em comparação ao mesmo período em 2022!

Já pensou em oferecer pacotes “na medida” – ou no peso, neste caso – das necessidades da clientela via delivery? Essa pode ser uma oportunidade de diferenciar seu negócio da concorrência, oferecendo opções que o público só vai encontrar com você.

Além de focar na saúde dos consumidores, muitos estabelecimentos de alimentação saudável também se preocupam com a sustentabilidade e a responsabilidade social, o que inclui a utilização de ingredientes locais, orgânicos e práticas de negócios éticas, seguindo uma outra tendência que merece a sua atenção.

2. Delivery inteligente

O “delivery inteligente” nada mais é do que uma abordagem inovadora que incorpora tecnologias para otimizar e aprimorar a experiência de entrega de alimentos. 

Essa tendência já é muito adotada e vem cada vez mais ganhando destaque no setor, proporcionando eficiência operacional, melhorando a satisfação do cliente e impulsionando a competitividade através dos recursos listados abaixo, por exemplo.

  • Sistemas de roteirização inteligente que utilizam algoritmos avançados para otimizar as rotas de entrega, levando em consideração fatores como tráfego em tempo real, distâncias e prioridades de entrega.
  • Rastreamento de pedidos em tempo real que permite tanto os restaurantes quanto os clientes monitorar a localização exata do entregador, proporcionando maior transparência e comodidade.
  • Sistemas automatizados de pedidos, como chatbots para WhatsApp, que não apenas agilizam o processo, como também minimizam erros humanos e melhoram a precisão do tempo de entrega.
  • Implementação de opções de pagamento online e sem contato, reduzindo a dependência de transações em dinheiro e proporcionando maior conveniência para os clientes.

Ficou interessado(a)? Existem plataformas especializadas em oferecer serviços como esses para quem é dono de restaurante. Vale a pena dar uma pesquisada, a resposta pode estar mais perto do que você imagina…

3. Culinária regional

A culinária regional vem ganhando espaço no coração da galera que gosta de experiências gastronômicas autênticas e diversificadas sem sair de casa, e é outra tendência que vai continuar em alta no delivery neste ano. 

Em um estudo feito pelos institutos Datafolha e Ipsos, 83% dos brasileiros disseram ter costume de comer pratos típicos da sua região, principalmente quem mora no Nordeste e no Sul.

Esse estilo permite abranger uma ampla gama de pratos, desde petiscos tradicionais até receitas familiares transmitidas ao longo de gerações, adicionando um pouco de aconchego e sensação de bem-estar.

Além disso, ele proporciona, à sua cozinha, uma variedade de opções para escolher e implementar no cardápio, desde pratos com ingredientes reconhecidos internacionalmente até especialidades menos conhecidas.

4. Ghost kitchens

As ghost kitchens, também conhecidas como dark kitchens, cloud kitchens ou cozinhas virtuais, são espaços dedicados exclusivamente à produção de alimentos para entrega, sem atendimento presencial. 

Elas estão em alta no delivery já tem um tempo e seguem transformando a forma como os restaurantes atendem aos consumidores, já que as operações centralizadas muitas vezes eliminam a necessidade de um espaço físico tradicional, reduzindo custos associados, como aluguel e decoração, além de diminuir o espaço necessário.

Além desse benefício, elas também oferecem uma melhor flexibilidade na hora de ajustar seus cardápios e operações rapidamente.

5. Delivery via drone

Os drones são uma das inovações que estão revolucionando o mundo do delivery, já que a principal vantagem desse tipo de entrega é a velocidade e eficiência no transporte de itens, pois os robôs não precisam perder tempo no trânsito e podem seguir rotas diretas, agilizando o processo. 

Toda a dinâmica dos envios por drones faz com que os envios sejam bem mais rápidos em comparação com aqueles feitos via motoboys e carros.

Apesar dos benefícios, esse tipo de delivery ainda está em fase de testes no Brasil, e seu sucesso na logística de entregas do delivery depende da criação de uma infraestrutura adequada e de regulamentações claras. 

6. Atender às preferências individuais de cada consumidor

A Customer Experience ou experiência do consumidor é o nome dado a todas as interações que o público terá com você e seu negócio. Focar em aumentar a qualidade do serviço oferecido é, sem dúvidas, outro fator que vem ganhando seus holofotes e que continua sendo tendência para este ano.

Desde o momento em que o cliente faz o pedido até quando o recebe, existem várias etapas nas quais o seu restaurante pode oferecer uma experiência única e agradável.

Por exemplo, você já tentou pedir comida e a pessoa do outro lado demorou para responder, não foi clara no que estava falando ou, às vezes, até meio grossa? Então, você já conheceu um caso de uma péssima experiência do cliente!

Para mudar o cenário e até mesmo ir além de um bom atendimento básico, invista em outros aspectos, a exemplo de:

  • ter um cardápio simples de acessar e fácil de entender;
  • usar embalagens personalizadas;
  • implementar um programa de fidelidade;
  • enviar brindes de surpresa junto com os pedidos;
  • abrir um canal para receber feedbacks dos clientes; e
  • certificar-se de que os prazos para entrega do delivery estão corretos.

Cada pequena preocupação para você pode ser uma grande estrelinha na avaliação do consumidor ao final do consumo! Por que deixar alguém com raiva se você pode deixar qualquer pessoa pedindo bis com uma combinação perfeita de sabor e excelência? 

7. Pagamento contactless

O pagamento contactless ou, no bom e velho português, pagamento sem contato é uma tecnologia que permite que os clientes paguem pelas suas compras sem a necessidade de contato físico entre o cartão ou celular e a maquininha do restaurante, justamente como diz o nome.

Segundo a multinacional de auditoria PcW e a Strategy& consultoria estratégica, os pagamentos com cartão tendem a representar mais de 80% dos recebimentos até 2025. 

E quem é dono de restaurante sabe: se não houver adequação e possibilidade de os consumidores acertarem a conta por aproximação ou direto no cardápio digital, por exemplo, muitos desses recebimentos podem acabar indo para o estabelecimento concorrente.

8. Comidas “plant-based”

As comidas “plant-based” (feitas à base de plantas) têm emergido como uma tendência forte para o futuro do delivery, já que, segundo uma estimativa da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), o número estimado de pessoas que se consideram veganas pode chegar a 7 milhões no Brasil.

Elas entram como preferência de consumo independentemente da alimentação saudável porque podem ser usadas até no preparo de lanches ou similares, e incluem produtos como hambúrgueres vegetais, salsichas vegetais e nuggets vegetarianos, desenvolvidos para imitar a textura e o sabor de produtos de origem animal.

Além dos veganos, tem quem também opte por esse tipo de dieta por causa da crescente conscientização sobre os impactos ambientais e de saúde associados ao consumo de produtos de origem animal.

E aí, completou a lista toda? Conta para a gente lá no Instagram @Goomer_br qual dessas tendências o seu restaurante está preparado para seguir este ano!

Quer receber conteúdos toda semana?

É só se cadastrar que vamos mandar com muito carinho para a sua caixa de entrada.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.