Pratos do dia: vale a pena investir em um Cardápio fixo? Descubra!

pratos do dia menu restaurantes
5 minutos para ler

Um dos grandes dilemas de quem coordena ou chefia a cozinha de um restaurante é: vale a pena investir em pratos do dia e ter um cardápio fixo ou investir em um cardápio mais flexível?

Boa pergunta! E é claro que a resposta para isso irá depender da operação do seu restaurante e do público que atende, mas listamos a seguir algumas vantagens e desvantagens que pesquisamos com alguns dos nossos clientes. Confira!

Vantagens e desvantagens de ter pratos do dia no cardápio

Já pensou em fazer dos pratos do dia o “chefe da casa” e o campeão de vendas do seu cardápio? Será que essa estratégia realmente compensa tanto em relação à satisfação dos clientes, quanto em relação a lucratividade?

Veja a seguir quais são as principais vantagens e desvantagens em trabalhar com o cardápio do dia (ah, e vale tmbém para outros modelos além dos serviços de buffet ou selfservice).

Vantagens

Torna as compras de ingredientes mais previsíveis

Em uma época onde a redução de desperdício é lei dentro e fora dos restaurantes é preciso pensar nisso também, no momento das compras: nem comprar mais para não sobrar, nem tão pouco para faltar.

É essencial ter um bom planejamento das compras para evitar esses problemas típicos. Restaurantes com pratos do dia e menu fixos têm compras mais previsíveis. Ou seja, tornam mais fácil o planejamento dos pedidos e até mesmo o cálculo dos custos.

Isso também pode ajudar na definição da tabela de preços de vendas. Assim, você sabe quanto cobrar e seu cliente quanto irá pagar, antecipadamente.

Facilita os pedidos e aumenta o giro no salão

Neste caso, os consumidores tendem a decidir mais rápido, seja no pedido feito diretamente ao garçom ou aqueles recebidos pelo delivery. Como as opções são reduzidas, não há muita dúvida sobre o que pedir.

Em dias de salão cheio, essa pode ser ainda uma vantagem para trazer maior rotatividade nas mesas e de clientes. Uma sugestão é divulgar os pratos do dia antes ou até trabalhar com um cardápio semanal, mensal. Alguns restaurantes se utilizam ainda da estratégia dos cardápios sazonais.

Dessa forma, quem quiser fazer um pedido, saberá exatamente o que irá encontrar durante aquele período.

Traz mais dinamismo à operação e reduz o tempo de espera

Se todos os cozinheiros sabem o que irá sair naquele dia, estão bem atualizados quanto ao cardápio e ficha técnica, a cozinha pode ficar mais organizada.

Além disso, a operação também pode ganhar mais agilidade: o mise en place pode ser antecipado, os alimentos pré-preparados ou cozidos, os pedidos preparados mais rápido.

Na prática, isso significa que seu cliente irá aguardar menos tempo para receber o prato na mesa ou no endereço solicitado.

Pode ser um atrativo

Chamar a atenção dos consumidores hoje em dia é um grande desafio. Atrair novos clientes para o seu restaurante então, sem descuidar dos atuais, demandará estudo e preparo.

Você pode investir nos pratos do dia como uma das estratégias promocionais ou de marketing para fazer com que pessoas que ainda não conhecem seu cardápio se interessem. Lembre-se tudo pode começar por aí!

Ao experimentar o seu menu com pratos selecionados e com a curadoria de um chefe, o interesse por descobrir ou acompanhar outras novidades pode aumentar. E mais: como ajudar a fidelizá-lo!


Desvantagens

Limita as opções e variedade

Pedir um ou duas vezes ou comer sempre o mesmo prato pode levar os clientes a buscar opções da concorrência em busca de variedade. Por isso, é fundamental pensar também em um nível mínimo de customização.

Vale lembrar que os pratos do dia podem se basear em refeições completas (pratos pré-definidos) ou no ingrediente principal como as proteínas ou carboidratos. A carne ou a salada individual pode ser a mesma, mas o molho pode ser diferente, por exemplo. Outra dica é disponibilizar opções de acompanhamentos.

Não deixe o menu tão aberto que não possa controlar, mas também não limite ao ponto de vender uma única vez para o mesmo cliente.

Os pratos do dia podem não ser os mais lucrativos

Se o seu cardápio tem mais pratos, no final estes podem acabar concorrendo com os pratos do dia que, geralmente são mais baratos. Portanto, para compensar os ganhos você pode ter que vender o dobro, ou seja, ter mais volume.

Uma maneira inteligente de pensar em como montar seu menu é utilizar a engenharia do cardápio. Você pode e deve dar destaque para os produtos que agradam mais os clientes e que, por outro lado, também sejam rentáveis para o seu negócio. Não é um ou outro: você pode ter os dois.

Pode exigir muita criatividade

Balancear o cardápio em termos de ingredientes nutritivos e tipos de pratos ou apresentação, pode exigir a renovação constante das receitas e do próprio cardápio.

Para resolver essas questões, você precisa investir tempo na elaboração de novo(s) cardápio(s) de tempo em tempo e também na atualização das informações e dos preços dos cardápios impressos (dica extra: quem utiliza os cardápios digitais Goomer, pode fazer essa atualização em tempo real).

A melhor forma de descobrir o que funciona é conhecendo e ouvindo seus clientes. Seja um menu mais requintado ou pratos do dia com aquele gostinho de comida caseira, não se esqueça de que o mais importante é oferecer tudo com amor!

Então, qual é a sua experiência com pratos do dia para restaurantes? O que já deu certo para você? Nos conte, vamos adorar saber!

goomergo cardapio digital whatsapp
Você também pode gostar