Montagem dos pratos: invista na apresentação dos pratos do seu Restaurante

montagem dos pratos - pratos servidos na mesa
5 minutos para ler

A montagem dos pratos ou a apresentação pode ser um dos pontos cruciais para a recompra. Não é verdade que é muito comum dizer que as pessoas “comem com os olhos”?

Mesmo sendo uma metáfora, uma coisa é certa: a harmonia visual de um prato também chama muito a atenção e ainda pode abrir o apetite! Não é só questão de etiqueta, mas sim de praticidade!

Veja agora quais são as principais dicas para fazer com que seus pratos de destaquem ainda mais!

Montagem dos pratos: TUDO o que você deve saber

Quando um cliente pede um prato pela imagem do cardápio ou pela descrição, espera que a realidade corresponda com a referência. Mas, nem sempre é isso que acontece.

As chamadas fotos ilutrastivas podem tornar seus produtos mais atrativos, mas é preciso fazer com que todo o resto também seja: combinação de sabores, disposição nos pratos, aparência dos alimentos.

A montagem dos pratos, seja para um cardápio do dia a dia ou para prato elaborado, também deve ser pensada e executada com maestria. Saiba por onde começar:

Escolha a louça ideal para servir

O primeiro passo é escolher a melhor louça para acomodar a comida. Tipo do material, tamanho e até mesmo a cor: tudo deve ser escolhido a dedo para fazer com que a sua receita seja a protagonista.

Dicas básicas sobre pratos, por exemplo:

  • Pratos rasos: geralmente utilizados nas composições do dia a dia. Servem muito bem os pratos principais que não sejam servidos com molhos;
  • Pratos fundos: ideal para sopas, caldos e pratos mais quentes que tenham molhos líquidos e até densos. As bordas mais amplas evitam o respingamento.

Os acompanhamentos devem ser acondicionados em recipientes a parte. Normalmente, as porções são individuais, mas também podem servir mais pessoas.

As cores da louça também evidenciam ou apagam seu prato. Embora mais comum, o prato branco pode ser trocado por um de outra cor, desde que não ofusque o colorido natural da sua receita.

Mantenha a proporção dos ingredientes

Muito mais do que somente pela questão de estética, é muito importante pensar nas proporções ao servir um prato e na coerência do empratamento.

Tamanho do corte da carne, quantidade de molho, tudo isso deve ser dimensionado desde o preparo. Essas informações devem constar na ficha técnica e guiar toda preparação e montagem.

Na falta de algum ingrediente ou se necessária a substituição de algum item, o prato deve ser novamente repensado para ficar o mais próximo do original.

Não se esqueça de experimentar a receita durante o preparo. Isso serve para corrigir o sal, avaliar a temperatura, etc.

Faça a finalização com cuidado

Na finalização é essencial pensar em quanto tempo o prato levará para chegar até a mesa ou residência do cliente. Neste sentido, pensar na temperatura que será servido, assim como nos detalhes finais fará toda a diferença.

Folhagens ou ervas podem ser colocadas em cima de pratos quentes, mas não devem permanecer durante muito tempo para não perder sua vitalidade ou muchar.

As frituras devem ser sempre crocantes e sem excesso de óleo. Os legumes e verduras devem ser frescos para manter seus componentes nutricionais. As decorações devem ser comestíveis.

Para atendimento ao delivery, takeaway ou drive thru, os molhos podem ser enviados separados, mas o cliente deve ser informado sobre o que está recebendo e como utilizar.

Lembre-se de limpar os pratos

A pressa sempre foi inimiga da perfeição. E na cozinha do seu restaurante isso também deve ser uma regra.

O tempo entre o recebimento do pedido, preparo e entrega deve ser calculado meticulosamente para evitar qualquer atraso ou contratempo. Por outro lado, o prato pronto também não pode ficar esfriando ou “às moscas”, no balcão.

Mas além disso, nada pior do que receber um prato sujo, com restos dos ingredientes utilizados no preparo ou ainda marca das digitais. Depois de finalizar seu prato, lembre-se de limpá-lo.

Para isso, utilize papel toalha descartável e água. Em nenhuma hipótese você deve usar produtos químicos.

Como montar pratos como os melhores Chefs de Cozinha?

O auge de um chef é quando seu prato chega a mesa e seus clientes podem ter a primeira impressão e experimentar os sabores. As técnicas de empratamento também servem para tornar esse momento especial e o melhor é que podem ser aplicadas a qualquer situação:

  • Montagem de pratos executivos: dê preferência por servir porções menores de cada ingrediente para compor uma refeição completa e rica em nutrientes;
  • Montagem de pratos a la carte: foque na disposição dos alimentos e na finalização. Uma boa montagem deve incluir o cuidado com os detalhes;
  • Montagem de pratos gourmet: o destaque ficam por conta da louça e do colorido geralmente;

Cozinhar, preparar receitas e fazer a montagem dos pratos é disponibilizar aos clientes parte do seu talento e do seu amor pela arte da gastronomia!

goomergo cardapio digital whatsapp
Você também pode gostar