Como fazer uma descrição de Cardápio que ajude a vender mais?

descrição de cardápio - mulher sentada, escolhendo, fazendo pedido
5 minutos para ler

Dizem que a propaganda é a alma do negócio. Então, ter uma descrição de cardápio atrativa é o mesmo que vender mais no seu restaurante, tanto para os clientes que vão consumir no local, levar para viagem quanto para quem pede no delivery.

Saiba agora quais sãos as principais técnicas para tornar seu menu ainda mais efetivo e vendedor!

3 dicas para fazer a descrição de Cardápio corretamente

Criar um prato novo é só uma das missões de quem é responsável pelo cardápio de um restaurante. Mas, muito além de criar algo novo, está a divulgação e, independente, do que seja, o cardápio deve cumprir com o objetivo de ajudar a comunicar.

Seja em sua versão impressa ou digital, o cardápio é uma ferramenta indispensável no processo de vendas. A descrição de um cardápio deve conter obrigatoriamente:

  • Nome do item;
  • Descrição do item;
  • Preço.

As imagens que são adicionadas ajudam a ilustrar o que está sendo oferecido, como o produto pode ser consumido, a embalagem em que é vendido. As fotos precisam ser de boa qualidade e devem representar se não fielmente, o mais próximo daquilo que é vendido efetivamente.

E como descrever um cardápio de forma que os clientes saibam exatamente o que vão comprar e receber? Veja essas dicas exclusivas:

1 – Dê preferência para as informações mais relevantes

Quando um cliente vai fazer um pedido quer saber o que é o prato, sua composição e seu preço. Uma exceção que foge a regra é descrição de cardápio do menu degustação que pode conter outras informações adicionais.

Os textos devem ser claros e objetivos para não confundir os consumidores. Palavras estrangeiras ou fora do uso devem, sempre que possível, serem detalhadas.

Embora não exista uma regra, as descrições mais simples (com base em 5-8 linhas) costumam converter mais. Aqui, “menos pode ser mais”.

Vai descrever um prato? Foque em sua composição (ingredientes) e/ou na forma de preparo. O prato principal também pode trazer recomendações de acompanhamentos. Aqui você também pode trabalhar com as vendas sugestivas.

O mesmo vale para as instruções sobre a entrega (se o pedido não for consumido no restaurante). Citar em que áreas são entregues, valor ou forma de cálculo do frente, como o pagamento online pode ser feito.

2 – Não esqueça dos preços

Parece muito básico, mais um dos maiores erros de quem vai fazer a descrição de cardápio é não incluir o preço. É sempre muito importante citar também, a referência da unidade de medida: prato, unidade, copo, ml, etc.

Vale lembrar que o valor é uma informação que não pode ser ocultada, como previsto no Código de Defesa do Consumidor. Assim, todo consumidor tem direito de saber quanto custa um prato ou em quanto ficará a sua compra final (já considerando o valor da taxa de entrega).

O segundo erro fica por conta do destaque indevido do preço. Ao dar um desconto, por exemplo, a ênfase deve ser dada ao desconto. O cliente precisa entender quanto ganhará, economizará e terá de benefícios.

Os combos e combinações também precisam refletir a vantagem claramente. Do contrário, o cliente pode se sentir enganado e ainda requerer seus direitos.

3 – Mantenha seu Cardápio atualizado

Depois de concluir a descrição de cardápio, decidir em que formato irá utilizá-lo e dispor ao clientes ou nos canais digitais, é necessário fazer também a revisão das informações.

A atualização pode incluir: ajustes nos nomes ou nos itens, mudança nas receitas ou composições dos pratos, atualização de preços e promoções.

Ter ou manter um cardápio desatualizado é como consultar um catálogo sem utilidade. Evite com que seus clientes peçam um item que você não vende mais ou está em falta no estoque.

Por mais que seus garçons informem sobre o preço novo ou alterações nos valores cobrados, lembre-se de que seu cardápio deve estar condizente. De nada adianta ter um menu com informações antigas ou erradas.

Aproveite para ver também outras dicas extras para tornar seu cardápio um diferencial.

Como atualizar a descrição de Cardápio mais facilmente?

Se o seu restaurante passa pela renovação de menu ou precisa alterar preços constantemente, é melhor pensar em soluções mais sustentáveis e fáceis.

Com os cardápios digitais você pode fazer a descrição de cardápio devidamente e ainda mudar as informações, o preço, os produtos de posição na sua vitrine. Quantas vezes por necessário. Em poucos minutos. Com alguns cliques.

Além da redução considerável dos custos (que pode ser superior a 50%, se considerada as reimpressões dos cardápios de papel), você e sua equipe ainda terão mais tempo para focar no que é essencial.

Como funciona?

Ao adotar a versão digital do cardápio, o menu do seu restaurante ganhará um layout mais atrativo e interativo. Seus clientes terão mais autonomia para nagevar pelas opções, pelo tablet, totem de autoatendimento ou pelo próprio celular.

Os cardápios online democratizam o acesso às informações, permitem escolher itens e fazer pedidos e ainda concluir pagamentos. E tudo isso com toda a simplicidade e segurança proporcionados pela tecnologia.

Entre em contato com nossa equipe de especialistas e saiba quanto você pode incrementar no seu faturamento!

goomergo cardapio digital whatsapp
Você também pode gostar