Como montar um cardápio irresistível para seu restaurante

Um conjunto de fatores é o que faz de um restaurante o local preferido dos clientes para fazer suas refeições e comemorar momentos especiais. Em meio a equipe simpática e eficiente, bons preços, localização e ambiente agradável, algo também pode fazer seu restaurante se destacar no mercado: montar um cardápio irresistível.

Há inúmeras maneiras de se montar um cardápio para restaurante, que pode ser considerado o cartão de visitas do estabelecimento. Por isso, vamos te ajudar a montar seu cardápio com dicas fundamentais para atrair mais clientes e fidelizar os que já possui.

Pense antes de montar um cardápio para restaurante

O mais importante é lembrar que o cardápio contribui para a construção da identidade do restaurante, ou seja, ele dá a cara ao estabelecimento. O cardápio indica ao cliente o que ele encontrará na casa.

Três aspectos essenciais devem ser levados em conta na hora de montar o seu cardápio: tipo de restaurante, público e preço médio dos pratos. Com esses três pontos em mente, é só seguir as nossas dicas abaixo para ter sucesso.

Defina os pratos de acordo com sua proposta

Os pratos que você oferece devem se relacionar com a proposta do restaurante. Nesse caso, a quantidade nem sempre é a melhor opção. É melhor focar em poucos pratos que sejam a especialidade da casa do que oferecer uma variedade de opções sem muita qualidade.

Por exemplo, se decidir que seu restaurante será de culinária brasileira, é preciso definir a região do Brasil que será seu foco. Não se esqueça também de sempre atualizar as opções do seu cardápio.

Opte por pratos práticos

Não adianta fazer pratos super elaborados se o cliente vai ficar esperando muito para recebê-los. Pratos que utilizam alimentos de fácil preparo agilizam todo o processo na cozinha e deixam o cliente satisfeito.

Além disso, evite escolher pratos muito distintos. Alimentos em comum evitam o desperdício e também agilizam o preparo.

Descreva os pratos de maneira atraente

Cardápios com nomes de pratos exóticos e complicados  desanimam qualquer cliente. Por isso, nada de ser enigmático. Mesmo que os garçons sejam orientados a esclarecer qualquer dúvida, é importante ter um cardápio claro e objetivo.

Mas nada impede que a criatividade seja usada na hora de descrever os pratos, como descrições sutilmente românticas, que ressaltem um sabor frutado ou uma textura suave e delicada, por exemplo.

Evite o uso cifrão

O cardápio deve ser o mais limpo possível para não cansar a visão do cliente. Por isso, o cifrão é desnecessário. Afinal, não é preciso colocar um R$ para o cliente entender que o número ao lado do prato indica o valor que deve ser pago por ele.

Escolha bem o layout do cardápio

As características visuais do cardápio podem ser tão importantes quanto o conteúdo. Um cardápio todo bagunçado pode causar uma má impressão. Nessa hora, uma dica importante é a definição das cores.

Um restaurante mais refinado deve privilegiar cores menos chamativas, como bege, prata ou dourado. Já os que oferecem comida mais natural e saudável devem optar por cores mais alegres e que remetam aos vegetais, como verde e laranja.

Deixe as bebidas para o final

O início do cardápio deve ser focado nos pratos que são especialidades da casa, que têm mais saída ou que dão mais lucro. Geralmente, o cliente lê o cardápio na ordem em que ele é apresentado e pode já fazer sua escolha logo entre as primeiras opções.

Por isso, as bebidas devem ficar o final — a não ser que sua especialidade seja, de fato, as bebidas, como cervejas importadas.

Mantenha as informações atualizadas

É interessante colocar no cardápio informações sobre o estabelecimento, como ano de criação e um pouquinho da história do lugar, além de sites, redes sociais e contato. É muito importante que essas informações estejam atualizadas, assim como as formas de pagamento.

O cardápio tem o poder de convencer o cliente a fazer um pedido e, com isso, levar o seu restaurante a ter mais lucro. Para isso, é preciso criar um cardápio para restaurante que seja igualmente adequado ao seu estabelecimento e atrativo para o seu público?

Ficou com alguma dúvida ou quer compartilhar como você montou o seu cardápio? Então aproveite para usar os comentários!

 [mk_custom_box corner_radius=”4″ bg_color=”#ffffff” background_hov_color_style=”image” border_color_style=”single_color” border_color=”#e5e5e5″ border_width=”4″ bg_hov_color=”#f2f2f2″][vc_row_inner][vc_column_inner width=”1/2″][mk_image src=”https://blog.goomer.com.br/wp-content/uploads/2015/04/ebookGoomer3.jpg” image_width=”300″ image_height=”300″ frame_style=”rounded”][/vc_column_inner][vc_column_inner width=”1/2″][mk_fancy_title color=”#008395″ size=”28″ font_weight=”bold” margin_bottom=”0″ font_family=”none”]Os 10 Mandamentos da Gestão de Bares & Restaurantes[/mk_fancy_title][vc_column_text]Otimize os seus resultados mesmo em tempos de crise com o nosso ebook![/vc_column_text][mk_button dimension=”flat” corner_style=”rounded” size=”large” url=”https://blog.goomer.com.br/blog/os-10-mandamentos-da-gestao-de-bares-e-restaurantes/” align=”center” bg_color=”#ffae00″ btn_hover_bg=”#c08300″ btn_hover_txt_color=”#ffffff”]Baixe aqui[/mk_button][/vc_column_inner][/vc_row_inner][/mk_custom_box]

Quer receber conteúdos toda semana?

É só se cadastrar que vamos mandar com muito carinho para a sua caixa de entrada.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.