Como montar um bar?

4 minutos para ler

O empreendedorismo é um caminho inspirador e atraente para quem é ousado e gosta de liberdade. Ainda assim, estas características sozinhas não são suficientes para fazer com que o negócio tenha sucesso. Entre as possibilidades procuradas por quem quer gerir um estabelecimento próprio, os bares costumam ser espaços bastante movimentados e demandam uma boa estruturação para atrair e fidelizar o público.

Para você que está se aventurando nessa ideia, listamos hoje 5 dicas importantes sobre como montar um bar. Acompanhe e tire seu projeto do papel!

1. Defina um modelo de negócio

Antes de qualquer coisa, pense no bar que você quer ter e defina um modelo com o qual tenha proximidade. Para a maioria dos empreendedores, é importante acreditar e se identificar com o estilo do empreendimento, visto que este será parte de sua vida profissional por muitos anos.

Para ter uma base de opções, você pode pesquisar modelos de negócio na internet e se inspirar com a variedade de referências. Seja optando por um tradicional botequim ou inovando com um bar temático, o importante é que você goste e queira levar essa ideia adiante.

2. Escolha um ponto atrativo

A escolha do ponto onde será instalado o bar deve ser feita com base na análise do público consumidor. Independentemente do estilo, a maioria dos bares consegue atrair clientes com perfis variados. Por isso, é importante estudar e identificar o trajeto dessas pessoas, especialmente ao final do dia. Geralmente, os bairros com grande fluxo de pessoas e próximos de escritórios, empresas e universidades são boas apostas.

3. Organize a estrutura

Seja grande ou pequeno, o seu bar deve seguir uma estruturação básica para funcionar corretamente e não repelir o público. Na área disponível, é essencial que você reserve um espaço especial para o balcão e os bancos, onde serão feitos os pedidos e os principais contatos com os clientes.

Se o salão permitir, é interessante manter uma boa quantidade de mesas para as pessoas consumirem e permanecerem no local. Para o apoio de toda a estrutura, é necessário ainda ter uma pequena cozinha, um depósito para a armazenagem de alimentos e bebidas e um conjunto de sanitários para uso dos clientes.

Depois dessa base, você estará livre para decorar e compor o ambiente com novos elementos, como uma grande prateleira para exibição de produtos ou lâmpadas em pontos específicos para criar uma iluminação diferenciada.

4. Monte sua equipe

Para realizar todas as atividades e processos com maestria, o empreendedor precisa garantir uma equipe completa de funcionários e colaboradores. Nesse grupo, entram os cozinheiros, garçons, barman e os auxiliares de limpeza. A quantidade de profissionais contratada para cada função dependerá do tamanho e necessidades específicas do bar.

Se o proprietário não quiser permanecer no local durante todos os dias, deverá ser substituído por um gerente de confiança e responsável. Ainda assim, vale frisar que um bom líder é aquele que acompanha e participa ativamente do próprio negócio, com o intuito de garantir que tudo seja executado conforme o planejado.

5. Invista em equipamentos e diferenciais

Com o bar praticamente montado, é hora de adquirir e organizar todos os equipamentos e aparelhos necessários ao estabelecimento. É importante que, nesse momento, você invista no básico, para evitar a entrega de um serviço incompleto ao cliente.

Principais equipamentos

  • Computador;
  • Linha telefônica;
  • Impressora;
  • Mesas e cadeiras;
  • Balcão e gaveteiro;
  • Refrigeradores;
  • Freezer horizontal;
  • Fogão industrial;
  • Exaustor;
  • Filtro de água;
  • Chapa e fritadeira elétrica;
  • Estufa;
  • Sistema ar condicionado;
  • Sistema de som;
  • Panelas e utensílios de cozinha;
  • Louças.

Mais do que um ambiente personalizado, trabalhe para que o atendimento ao cliente tenha um toque de excelência. Para facilitar o contato entre público e funcionários do bar, você pode contar com a ajuda do cardápio digital Goomer.

Disponível para tablets, a ferramenta permite menor dependência por parte dos funcionários, e maior liberdade para o cliente fazer seu pedido com paciência e tranquilidade.

Agora que você já sabe como montar um bar, aproveite para conhecer os modelos e dar início a uma nova vida profissional como empreendedor!

Curtiu as dicas? Aproveite para acompanhar o trabalho da Goomer no Twitter e no Facebook para conferir mais novidades!

Você também pode gostar

Deixe um comentário