Dá entrada à sobremesa: como montar um menu degustação

Da entrada à sobremesa: como montar um menu degustação?

Para conhecer o verdadeiro talento de um chef de cozinha é necessário experimentar mais que um prato. Por isso, diversos restaurantes oferecem o menu degustação, permitindo que os clientes experimentem pratos em porções menores em uma única refeição.

Assim, o simples ato de comer ou “fazer refeições fora” ganha também um novo status: o das experiências. Muito mais que o conceito: é a experiência que irá contar.

Veja qual é o passo a passo para montar o seu menu degustação e fazer desse momento único. Acredite: essa pode ser também a porta de entrada para adquirir novos clientes ou fidelizar os atuais. Confira!

O que é um menu degustação?

Conhecido como um “menu amostra”, é o cardápio onde o cliente pode experimentar diversos pratos, em porções menores.

Pode integrar os pratos que são “carro-chefe”, especialidades e ainda pratos exclusivos. Normalmente é acompanhado de bebidas e sobremesas, que ajudam a compor o tour gastronômico.

Como montar um menu degustação?

Assim como uma obra de arte, o menu degustação requer preparos especiais, que vão desde a entrada até a sobremesa. Por isso, ter conhecimentos sobre harmonização e formas de apresentação é essencial para um restaurante cativar o paladar e a preferência dos seus clientes.

Parace simples, mas a elaboração de um cardápio exige estudo, planejamento, dedicação.

A ordem e a combinação de sabores, por exemplo, podem impactar no resultado final. Afinal, existe uma lógica e um racional culinário que deve ser seguido.

Não basta atender as expectativas dos consumidores, é preciso superá-las! Então, aproveite para saber como criar o seu menu degustação e como evitar os erros mais comuns.

1. Comece pelas entradas

O prato de entrada é responsável por causar a primeira impressão ao cliente. Por esse motivo, essa receita deve inaugurar os sabores de forma mais sutil para não comprometer o apetite e a degustação dos pratos seguintes.

Existem várias opções para serem servidas como entrada no seu restaurante, incluindo: pratos frios, quentes ou de acordo com a estação do ano.

No menu degustação, você pode oferecer como entrada pratos mais elaborados, como: carpaccios, cogumelos recheados, vieiras ao molho e mexilhões. Ou até mesmo opções mais simples como: saladas de queijo de cabra, sopas, bruschettas de salmão e legumes picantes.

Tudo irá depender da estilo do restaurante e da sua proposta. Mas, de qualquer modo, a apresentação dos pratos precisa ser convincente. É preciso mostrar delicadeza no arranjo e harmonia nas cores.

Com relação à bebida, disponibilize sempre uma taça com água e ofereça vinho branco para acompanhar a refeição, sendo uma opção mais leve que ajuda a abrir o apetite também.

2. Passe para o prato principal

O prato principal é umas das grandes estrelas de um restaurante. No entanto, para isso, precisa se destacar das demais refeições.

Por ser o protagonista, vale a pena inserir no seu cardápio opções interessantes, como frutos do mar, aves, carnes, massas, etc. Para incrementar ainda mais, você pode montar combinações inusitadas – e nem sempre tão óbvias.

Um ponto importante neste momento é servir um prato com uma porção generosa ao ponto de permitir degustar todos os sabores, mas não tão grande que não permita apreciar a sobremesa no final da refeição.

O gostinho de quero mais aqui, pode ficar por conta da repetição do menu. O menu degustação é como a apresentação do seu restaurante, mas o objetivo é fazer com que seus clientes voltem outras vezes.

Como de praxe, o vinho acaba sendo a melhor companhia para um almoço ou jantar, mas é muito importante pensar na harmonização com o prato de acordo com as características do seu menu.

Lembre-se que as massas podem ser acompanhadas de vinhos tintos, assim como as carnes. Já para os frutos do mar e aves, o recomendamos é servir um vinho branco ou espumante.

3. Finalize com a sobremesa

Assim como o prato de entrada precisa ser pensado para causar aquela boa impressão, a sobremesa tem um papel parecido. A ideia é fechar esse momento especial com chave de ouro.

Em alguns restaurantes o cardápio é bastante variado, oferecendo sorvetes, petit gateau, crepes, mascarpones, entre uma infinidade de opções doces que podem agradar o paladar.

Embora menos comum, a sobremesa criada para o menu degustação também pode ter diferentes versões. Muitos chefes se permitem, inclusive, serem mais criativos nessa elaboração.

Finalizar ou incrementar a sobremesa, na frente do cliente pode ser um momento mágico!

Como promover o seu menu degustação

A venda do menu degustação começa muito antes do cliente entrar no restaurante. Quem ainda não conhece sua marca ou restaurante pode ser atraído pela sua divulgação ou pela indicação de outros clientes.

No entanto, a realidade deve corresponder a expectativa. Então, é fundamental pensar em outros detalhes:

Defina um nome para o seu menu

Você pode dar um nome especial para o seu menu ou para essa experiência. Pense no conceito, no que você quer transmitir, no que aquilo significa para você, em como você quer que seus clientes se sintam.

Ao definir o nome, pense também em como as pessoas podem facilmente identificá-lo. Não trate isso apenas como um “combo de produtos” ou estará minimizando seu potencial.

Conte sua história

Contar a inspiração da criação do menu, falar sobre algumas curiosidades do modo de preparo, de como os ingredientes são produzidos e selecionados. Tudo passa a envolver e criar uma atmosfera exclusiva.

As pessoas adoram ouvir histórias que sejam verdadeiras, que as fazem se conectar com suas emoções, com suas lembranças.

Dê o merecido destaque no cardápio

Certamente, o seu menu degustação merece destaque no seu cardápio. Além das informações tradicionais como nome do prato, descrição, fotos, composição você pode disponibilizar ainda outras descrições mais atrativas.

Aqui também é essencial destacar os pratos dos demais. Ao utilizar o cardápio digital, por exemplo, você pode dar mais visibilidade para o que realmente quer chamar a atenção e ainda proporcionar uma experiência diferenciada desde o momento do pedido.

Com o uso dessa tecnologia, seu cardápio deixa de ser apenas um catálogo do restaurante, para ser um item interativo.

Venda um passaporte para uma nova experiência

Normalmente, por se tratar de uma refeição completa (pratos, bebidas e sobremesas), o menu degustação tem preços maiores. Se pensar apenas no custo ou valor de venda, você estará olhando apenas para o “valor monetário” daquilo que está criando.

As experiências de consumo são, antes de tudo, momentos memoráveis, marcantes. E quando se fala em experiências culinárias então, absolutamente tudo pode fazer a diferença. Do nome ao sabor. Do atendimento ao serviço.

Acredite: você não vende comida!

Quer receber conteúdos toda semana?

É só se cadastrar que vamos mandar com muito carinho para a sua caixa de entrada.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.