Como aumentar o número de pedidos no Restaurante?

como aumentar o número de pedidos no restaurante - restaurante cheio, pessoas sentadas a mesa
6 minutos para ler

Multiplicar ou aumentar o número de pedidos no restaurante é o que todo empreendedor quer.

Para isso, entretanto, é preciso ter estratégias claras e foco não só nas vendas, propriamente ditas, mas também nas oportunidades que podem vir tanto do mercado, quanto dos próprios clientes.

Veja agora, na prática, como fazer para ampliar as vendas, faturamento e lucratividade do seu negócio!

Vender, vender, vender…

O sucesso de um restaurante pode ser definido também pelo número de pedidos, ou seja, de vendas ao longo de um período. Essa métrica, pode ser medida por dia, por mês, a cada três, seis ou anualmente (ou ainda como você gestor, preferir).

Acompanhar esse número de perto pode revelar quão bem está a saúde financeira do seu estabelecimento. Parece simples, não é mesmo?

Mais pedidos = Mais vendas

Mas, além de aumentar o número de pedidos é preciso avaliar como essas vendas são feitas e, portanto, se trazem mais resultado financeiro efetivamente.

O ponto central aqui não é só ter mais volume, mas sim vendas de qualidade e clientes mais felizes!

5 dicas para aumentar o número de pedidos no seu Restaurante

Pronto para começar? Então, aproveite para conferir essas dicas:

1 – Crie diferenciais únicos

Para tornar seu restaurante conhecido é preciso ter qualificadores capazes de ganhar esse reconhecimento. No geral, são: qualidade dos pratos, atendimento, localização, mas pode variar conforme aquilo que os clientes consideram como valor.

Saber quais são esses qualificadores e até mesmo diferenciais pode ajudar a atrair mais clientes. E ter mais clientes também significa aumentar o número de pedidos.

Ao contrário do que se pensa, nem sempre preço é um diferencial. Preço é uma estratégia comercial que precisa ser muito bem avaliada, para ser sustentável ao longo do tempo.

No mais, é preciso pensar que qualquer concorrente também pode reduzir o preço, aumentando assim a competividade. E nessa guerra por preços, é difícil alguém ganhar.

O diferencial do seu restaurante precisa ser único e não barato! Muito focado também no que os clientes preferem.

2 – Incentive as novas compras

Muito se fala em conquistar novos clientes mas, nem sempre há a mesma preocupação com a fidelização. Para aumentar o número de pedidos existem pelo menos duas possibilidades:

  1. vender mais para os mesmos clientes; e/ou
  2. vender para novos clientes.

Na primeira situação, os clientes passam a consumir mais (seja no incremento da receita ou em relação a frequência). Já na segunda é alcançar novos potenciais clientes.

Em ambos casos é preciso incentivar novos pedidos. E isso pode acontecer com o uso de cupons de desconto, criando cartões fidelidade, dentre outras estratégias de marketing e vendas, com o objetivo de manter a base atual de clientes, enquanto novos clientes chegam.

Isso sem contar, é claro, que clientes felizes e satisfeitos passam a comprar mais e ainda indicar outras pessoas. E assim, o que era para ser apenas um pedido e para uma pessoa, pode se ser multiplicado e ficar mais frequente. Por isso, venda já pensando na próxima venda!

3 – Invista em soluções de autoatendimento

Com o crescimento do seu restaurante e para não escalar seus custos na mesma proporção, é preciso pensar em como aumentar a eficiência operacional. Isso pode incluir:

  • melhorar processos e otimizar fluxos internos;
  • reduzir desperdícios (alimentos, impressões);
  • otimizar e investir em novos canais de vendas ou soluções para que os clientes façam pedido.

Neste sentido, a aposta no autoatendimento facilita os pedidos e tornam essa experiência mais atrativa. Estando no restaurante ou não, os consumidores podem acessar o cardápio digital e ainda escolher o que pedir e como pagar.

As chances de vender mais para o mesmo cliente, aumentando assim o tícket médio, também são maiores uma vez que os consumidores passam a conhecer e navegar pelo menu.

4 – Acompanhe e analise seus pedidos

Saber o que está dando certo, não é só em termos de volume de vendas é outra estratégia indispensável para quem quer vender mais e melhor. Fazer a gestão dos pedidos é, portanto, um dos pré-requisitos básicos para essa análise quanti e qualitativa.

Se você já aplica a engenharia do cardápio, por exemplo, suas vendas já serão mais saudáveis. No entanto, é preciso reavaliar constantemente se isso está se traduzindo em mais pedidos e mais lucros. Isso porque as preferências dos consumidores também mudam com o tempo.

Outro fator muito importante é passar a conhecer mais seus clientes. Um pedido pode falar muito sobre um cliente porque revelam informações não só do hábito de consumo (o que compra, qunasta vezes compra), mas do seu perfil financeiro (principalmente no que diz respeito ao valor gasto e a forma de pagamento).

Isoladamente esses dados podem não representar tanto. Mas, a análise geral dos pedidos pode trazer importantes insights.

5 – Ouça o que os clientes têm para dizer

As avaliações de clientes são um dos inputs mais valiosos que você pode ter. Independente de ser uma estrela, uma nota ou um comentário é essencial saber o que os clientes pensam e como avaliam o serviço, a qualidade dos produtos, os preços e os demais atributos qualificadores.

Muitas vezes a percepção dos donos do negócio e da equipe é uma, mas a dos consumidores é outra, complementamente diferente. E, obviamente, esse desalinhamento pode custar caro, afinal você pode investir em algo que os clientes não querem, não precisam ou não pagariam. E investimento sem retorno é custo!

Portanto, esses feedbacks são não só oportunidades de aprendizado, mas de melhoria sendo elogios ou críticas. Deixe também opção para sugestões. Nem sempre será possível atender a todas, mas é um indicador de quão bem os clientes também se sentem ao contribuir com o seu restaurante.

Então, que tal colocar essas dicas em prática para aumentar o número de pedidos do seu restaurante? Boas vendas!

goomergo cardapio digital whatsapp
Você também pode gostar