Como montar um Cardápio Digital para Delivery gratuitamente?

cardápio digital para delivery
6 minutos para ler

Com o crescimento das vendas para entrega nos bares e restaurantes, montar um cardápio digital para Delivery passa a ser também uma grande necessidade.

Se você ainda não tem o seu ou está pensando em entrar nesse mercado, confira essas dicas exclusivas, dos nossos especialistas!

Como criar um Cardápio Digital para Delivery?

O número dos pedidos de comida pela internet aumentou muito no último período, dando oportunidade para os grandes e pequenos negócios. E, nesse meio, tudo começa com uma boa apresentação.

Veja as melhores práticas para criar o seu cardápio online e vender muito mais:

1 – Defina os produtos

Um ponto muito importante e que deve ser observado, antes de tudo, é pensar nos produtos que serão oferecidos – especialmente se o modelo da sua operação é híbrida, ou seja, se opera com vendas no salão e para entrega ou retirada.

Um rápido exercício é avaliar os itens do seu menu. Pratos, bebidas, sobremesas, o que pode ser vendido para que as pessoas consumam em outro local?

Não necessariamente todos os produtos que você vende devem constar também delivery. Isso porque muitos podem exigir acondicionamentos ou temperaturas específicas ou ainda teriam que ter maior shelf life (prazo de validade) em outros ambientes que têm temperaturas diferentes. Então, pense nisso!

Dica prática: comece avaliando os seus campeões de vendas, ou seja, aqueles produtos que os clientes adoram!

2 – Defina os preços de vendas

Uma estratégia bem comum para estimular os pedidos é ter desconto em determinados produtos ou durante determinados horários.

Vale lembrar que, geralmente, uma das barreiras nesse tipo de compra é a taxa de entrega. Então, se houver um desconto ou qualquer outro benefício que você possa oferecer para o seu cliente, pode ser traduzido também em aumento nas vendas.

E, ao contrário do que se pensa, você não estará competindo ou sendo desleal com os frequentadores do seu bar ou restaurante. Hoje em dia, as experiências gastronômicas, a ambientação e tudo mais o que ocorre dentro do seu espaço são muito valorizadas.

Sendo assim, as estratégias são complementares. Neste sentido, o cardápio digital também funciona como um importante recurso. Não só para informar os preços individuais ou dos combos, mas para facilitar os pedidos dos seus clientes.

3 – Escolha a ferramenta

O seu cardápio pode ser disponibilizado de várias formas: site, arte digital, aplicativos, plataforma de delivery nichadas. Tudo irá depender, é claro, daquilo que é mais recomendável para o seu tipo de negócio.

Muito se fala sobre altos investimentos e custos. Mas a boa notícia é que você pode criar o seu cardápio digital para delivery de forma gratuita.

Ao listar as opções é preciso definir o(s) objetivo(s). Normalmente, os principais motivos são:

  1. Promover o negócio;
  2. Aumentar as vendas;
  3. Facilitar o acesso e os pedidos;
  4. Criar inteligência e conhecer mais sobre os clientes.

Sua ideia é ter apenas uma comunicação que será utilizada para uma promoção específica? A intenção é fazer com que as pessoas acessem seu site ou redes para conhecer os produtos? Você pretende divulgar seu cardápio digital de que forma?

Parece difícil né? Mas saber quem é seu público-alvo, de que forma ele se comporta em relação ao uso de tecnologia e redes preferidas pode ajudar nessa escolha.

Cada formato ou canal têm suas vantagens e desvantagens. Outra dica indispensável é não depender de um único meio.

4 – Invista na divulgação

De nada adianta ter um cardápio se os clientes não o conhecem! Depois de criar o seu cardápio digital, faça a divulgação entre os clientes e não clientes.

Ter produtos e atendimento de qualidade assim como bons preços ajudam sim. Mas a verdade é que se você quiser atrair mais clientes deve investir também na captação da atenção deles.

Com novos concorrentes surgindo todos os dias, além de um diferencial, é preciso ganhar o coração dos clientes!

Benefícios do Cardápio Digital para Delivery

Dependendo do formato e da tecnologia escolhidos, a versão digital do menu do seu restaurante pode:

Permitir uma rápida atualização das informações

A versão digital do seu menu dá mais autonomia e confere mais agilidade a sua operação. Precisa remarcar preços? Vai substituir um item por outro? Com o cardápio digital essa tarefa fica muito mais simples, rápida e fácil.

E, na ponta do lápis isso tudo quer dizer reduzir custos com impressões, plastificações ou encadernações.

Criar uma comunicação mais atrativa

Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras. E quando isso está relacionado então com comida… não há quem resista!

Utilizar imagens chamativas e reais dos produtos, destacar promoções ou itens que você precisa faz toda diferença! E isso a engenharia do cardápio ajuda a explicar.

Ser uma opção mais segura

Em tempos de pandemia, é preciso pensar em todos os detalhes, tanto dentro, quanto fora dos restaurantes.

Cardápios digitais em tablet, totem de autoatendimento, cardápios com QR Code, plataformas digitais. Tudo isso pode ajudar a reduzir a disseminação do novo vírus, aumentando a segurança tanto dos seus funcionários, quanto dos clientes.

Facilitar a gestão dos pedidos

A inteligência por trás do cardápio digital pode trazer diversos insights e dados não só sobre os produtos mais vendidos ou faturamento diário.

No caso do cardápio digital para delivery, se integrado a um sistema de gestão ou a um painel de pedidos podem revelar ainda horários de picos, regiões de atendimento (praças), tícket médio por compra, dentre outras informações.

Se você ainda não achou a ferramenta ideal para o seu negócio, podemos te ajudar! A Goomer tem um conjunto de soluções pensadas para o Foodeservice! Veja como podemos ajudar no seu plano de retomada.

black friday goomer
Você também pode gostar