Como anotar pedidos no Restaurante? Veja o que mudou

anotar pedidos no restaurante - garçom atendendo clientes para fazer pedido
5 minutos para ler

Com o passar do tempo e com o uso de mais tecnologia, a forma de anotar pedidos no restaurante também vem sendo transformada. As velhas comandas de papel estão, cada vez mais dando lugar a soluções mais sustentáveis e integradas.

Veja o comparativo do “antes e depois” e saiba todos os ganhos que você pode ter no seu negócio!

O que mudou na forma de anotar pedidos no Restaurante?

Tirar pedidos parece ser uma atividade simples, mas exige cuidado e atenção. E, por muito tempo essa função acabou sendo uma das tarefas mais executadas pelos garçons que, afinal, são contratados para prestar atendimento aos clientes.

Mas essa realidade vem sendo mudada e o papel dos garçons também. Esses profissionais estão deixando de ser apenas “tiradores” de pedidos para virarem verdadeiros profissionais de atendimento e vendas.

Oras! Nada mais merecido, porque assim os garçons podem focar naquilo que é realmente importante: cuidar dos clientes.

Como era antes (ou ainda é em poucos lugares):

O garçom tira os pedidos anotando em comandas da mesa ou comandas individuais. As anotações incluem muitas vezes: número da mesa, nome e/ou código do prato, quantidade, personalização do pedido.

Principais problemas enfrentados:

  • passível de erros de anotação e/ou interpretação de quem lê;
  • a(s) via(s) precisa(m) ser entregue(s) no caixa, na cozinha ou na praça de atendimento e pode(s) ser extraviada(s);
  • dificuldade no controle e agilidade no atendimento;
  • demora para o fechamento da mesa e pagamento gerando enormes filas nos caixas.

Como é hoje:

O atendimento normalmente é feito com o apoio da tecnologia e com o uso de comandas digitais e sistemas informatizados. Os pedidos são lançados direto no sistema que é integrado com o financeiro e a operação.

Outra alternativa ainda é quando o próprio cliente faz o seu pedido, pelo autoatendimento. Neste caso, o garçom se torna um consultor que pode indicar os melhores pratos e ajudar no processo, se necessário.

A própria ferramenta que funciona como um cardápio digital que pode ser acessado via tablet, totem de autoatendimento e/ou ainda via smartphones (com a leitura de QR Codes), permite visualizar os itens e completar os pedidos.

Algumas, inclusive apresentam vendas sugestivas facilitando a venda de outros produtos do menu.

Principais problemas resolvidos:

  • redução no tempo de espera e preparo dos pratos uma vez que a comanda vai direto para a operação;
  • menos chance de erros de digitação, já que os cardápios digitais tendem a ser mais intuitivos;
  • mais autonomia para os clientes que podem pedir, conferir o saldo já gasto e ainda solicitar a conta direto pela plataforma.

Dados serão cada vez mais importantes para o Foodservice

Antigamente um pedido era visto simplesmente como um pedido. Hoje em dia essa visão também mudou. Isso porque os pedidos podem revelar importantes insights sobre o seu cardápio, o gosto e preferência dos clientes, a forma de consumir.

Conheça melhor seu cardápio e impulsione suas vendas

Se a tarefa de anotar pedidos no restaurante passa a ser digitalizada essas informações também passam a ter mais relevância. Com o uso de um gerenciador de pedidos, por exemplo, você pode ter informações completas sobre volume de vendas, pratos mais pedidos, horários de sazonalidade, áreas de maior venda (no caso do delivery).

Outra vantagem é, não só armazenar essas informações, mas cruzar com outros dados para tomar decisões estratégicas, ou seja, colocar ainda mais inteligência no seu negócio.

Será que o seu prato campeão de vendas é o que traz maior rentabilidade para o seu restaurante?

Acredite: nem sempre! Para ter essa resposta, você pode começar fazer a engenharia do cardápio. Essa tática consiste em reclassificar seus produtos de acordo com a popularidade dos produtos e correlação com a margem de contribuição.

Descubra o perfil e preferência dos seus clientes

Hábitos de consumo, preferências, formas de pagamento mais comuns, índice de satisfação e outras informações. Conhecer e se aprofundar mais no perfil dos seus clientes também pode ajudar a vender mais.

Com isso, o atendimento e as vendas passam a ser focados nas necessidades de cada grupo de clientes. Uma boa experiência nos restaurantes começa quando você e sua equipe se comprometem a entender e suprir essas expectativas.

Se essa gestão conta com o apoio da tecnologia, as avaliações e feedbacks também podem ser documentados e trazer inúmeros aprendizados.

Como escolher a melhor ferramenta para anotar pedidos no Restaurante?

Pensar na experiência dos consumidores e na maior eficiência da sua equipe é essencial para incrementar os lucros.

Investir em soluções para criação de cardápios online, para anotar pedidos no restaurante ou para entregas, gerenciar as vendas, controlar o estoque e integrar essas informações pode fazer toda diferença.

Se a sua equipe está mais restrita no momento, experimente as inovações de autoatendimento. Dê ao cliente a opção de navegar e explorar mais o seu cardápio. Permita que seus garçons também ganhem mais tempo para os serviços.

Verifique também o que é oferecido em relação ao backoffice, ou seja, quanto ao gerencianciamento dessas vendas possíveis integrações com outros sistemas (PDVs ou frente de caixa), métodos de cobrança digital, segurança de dados.

goomergo cardapio digital whatsapp
Você também pode gostar