4 meios de pagamento para o seu restaurante em 2018

4 minutos para ler

Nos últimos anos os sistemas, equipamentos e até mesmo o processos de pagamento evoluíram numa grande velocidade. O mercado, que é conhecido como de meios de pagamento, vem ampliando seus serviços e gerando mais agilidade e segurança. Com isso, traz oportunidades para o seu restaurante.

Com a oferta cada vez maior de equipamentos, um maior número de prestadores de serviços passou a receber via cartão. E hoje esse mercado está em constante evolução.

Atualmente, alguns serviços já funcionam por meio de Smartphone ou tablet com acesso à internet e acabam substituindo as tradicionais máquinas de cartão.

A oferta vem crescendo, e já é possível conseguir condições mais adequadas ao seu negócio. A tendência é que comecem a surgir produtos desenvolvidos especificamente para o mercado gastronômico. Vamos falar sobre isso nesse artigo!

A evolução dos meios de pagamento

Na maioria dos estabelecimentos das grandes cidades, o volume de recebimentos é feito em cartão de crédito, débito e em cartões de benefício. Nos restaurantes que têm o almoço como seu principal movimento, os pagamentos em dinheiro ficam próximos dos 10% das transações.

No EUA isto não é muito diferente, e tem motivado algumas empresas a simplesmente eliminar a opção do pagamento em dinheiro. O Shake Shack lançou, no ano passado, uma loja onde não existe mais a opção de pagamento em dinheiro. Todas as vendas são feitas com o uso de cartões de crédito e débito, ou por alguma outra modalidade de pagamento digital. Diferente do Shake Shack, a rede Sweetgreen adotou esta medida em todas as suas lojas.

Por trás dessa mudança, que pode até ser considerada radical, temos um importante processo de redução de custos com o cancelamento de serviços de transporte de valor, e uma significativa redução de tempo no fechamento dos caixas, uma vez que toda a operação é digital.

Modalidades de meio de pagamento

Hoje, no país, há algumas opções para pagamento nos estabelecimentos do varejo,  mas a grande concentração de pagamentos ainda obedece os tradicionais sistemas de POS (Point of Sale) operadas por diferentes redes. Veja algumas possibilidades:

Pagamento via SMS

Oferecidos no Brasil pelas operadoras de celular , este sistema só funciona quando o consumidor encontra uma loja que tem a mesma solução da sua operadora de celular. Para o dono do negócio, a vantagem é que ele pode solicitar usar estes créditos, ou solicitar um cartão de crédito ou de débito e fazer seus pagamentos sem a necessidade da abertura de uma conta corrente. Mas esta é um modalidade pouco utilizada.

Pagamento por aproximação (NFC ou contacless)

Ainda pouco utilizada no Brasil, esta solução permite o pagamento apenas aproximando o celular da máquina ou leitor do cartão do vendedor.  Temos uma base muito pequena de máquinas capazes de aceitar pagamentos via (NFC), mas este é um procedimento que tem grande potencial de crescimento em nosso país.

Pagamento via Carteira Digital

As carteiras digitais são soluções que funcionam de forma parecida com os bancos.  As empresas armazenam seus dados bancários e, na hora do pagamento, não é preciso inserir mais informações. Alguns exemplos de carteiras digitais são o Paypal, PagSeguro, Skill, Flip e Oi Carteira. Todas as informações estarão no celular.

O objetivo por trás da carteira digital é evitar que as pessoas precisem andar com cartões ou dinheiro para comprar qualquer coisa.

Pagamento via QR code (quick response)

Ainda também pouco explorado no Brasil, o pagamento por código QR code também é uma opção. Ele é mais utilizado para direcionar um consumidor a uma página na internet ou para acessar mais informações. Esta é uma tecnologia que pode agilizar o processo de pagamento no seu restaurante.

Para funcionar, o consumidor precisa ter um aplicativo em seu celular que permita a leitura do código.  A leitura do código permite acesso às informações do produto e o pagamento da compra.

Ampliar as possibilidades de recebimento em seus estabelecimentos pode gerar maior agilidade, e ainda reduzir a necessidade de troco. Sua loja está pronta para recebimentos eletrônicos?  

Você também pode gostar